Blog da ABDeC / RN

Presidente da MPAA quer acabar com a pirataria

 

Fonte: Jéromê G./GNT

A Motion Picture Association of America associação que representa os interesses da indústria cinematográfica americana exigiu uma resposta definitiva contra a “pirataria” e que seja aplicável o mais amplamente possível para o mundo todo, e congratulou-se com o exemplo francês.

Durante o Festival Internacional de Cinema de Tóquio, o presidente da associação, Bob Pisano, expôs seu ponto de vista contra o download ilegal de filmes.  Ele considerou “alarmante” e “epidêmica” a atual situação, e aproveitou para citar exemplos de iniciativas de combate ao download ilegal, feitos por países como a Coreia do Sul, Taiwan e França que, segundo ele, conseguiram estabelecer um mecanismo de resposta conclusiva. “Eles criaram uma medida razoável que evita o litígio, responsabiliza os internautas e também, os provedores de internet” (embora o autor da reportagem, Jérome G., afirme que só o futuro pode dizer se isto deu certo realmente).

Na França, a Hadopi primeiro envia um email ao provedor com “recomendações” sobre os assinantes suspeitos de “downloads” ilegais, no caso de internautas reincidentes (seis meses) é enviada uma “carta pelo correio”, e por último no período de um ano caso haja reincidência, o usuário é obrigado a pagar uma multa e perde acesso à Internet.

Anúncios

Sobre SRSC

Journalist. Filmmaker. Audiovisual Researcher. MediaDesigner. English Teacher.

Olá cineasta! Obrigado pelo comentário. Visite nosso grupo no Facebook. Volte sempre. abrs. Turma Abedista Potiguar.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 06/11/2010 por em Animação, Audiovisual, Cinema, Cultura.
%d blogueiros gostam disto: