Blog da ABDeC / RN

Ao Bruno Assis: uma homenagem dos potiguares

Ao Bruno de Assis

Por que você? Por que?

29 anos, talentoso cineasta,

vice-presidente da ABD Pará

amigo presente de tanta gente.

Por quê?

Dia 15 de fevereiro vai ser lembrado

como um dia muito triste,

Porque você foi embora.

Mas, como escreveu Drumond

“(…) pois de tudo fica um pouco.

Fica um pouco de teu queixo (…)”

Fica um pouco de teu olho

nos filmes que você fez.

Fica um pouco de teu sorriso,

na tela da saudade dos abdistas.

Que dor insuportável a da memória

que insiste em nos lembrar

que de tudo fica um pouco.

Melhor seria se tivesse ficado você!

——————————————–

O aviso chegou no final da tarde do dia 15, e veio do diretor da ABD Nacional, Afonso Gallindo:

“É com pesar que informamos o falecimento de nosso companheiro Bruno Assis.
Vítima de metástase, este que entre nós foi realizador e vice-presidente da ABDeC Pará de 29 anos, será velado na capela do Recanto da Saudade (Alcindo Cacela c/ Diogo Moia) e seu sepultamento acontecerá amanhã de manhã (10 horas) no Cemitério do Recanto da Saudade.
Daqui nossos pêsames aos familiares e amigos.”

Do site II Curta Carajás

Bruno Assis, 29 anos, formado em Artes Visuais e Tecnologia da Imagem. Atua na fotografia desde 2004, recebeu duas Menções Honrosas, salão “Primeiros Passos” do CCBEU (PA-2004); “Salão da Vida” do Hospital Hofir Loyola (PA-2005). Estreou em produções para TV na área de Still e Assistente de Direção de Arte em duas edições do Programa DOCTV-PA I e II com o média metragem “Eretz Amazônia” (2004) e “O Homem do Balão Extravagante” (2005); em 2006 e 2007 trabalhou no filme “Serra Pelada”, documentário longa-metragem dirigido por Victor Lopes – RJ, que trata do processo de descoberta e exploração de ouro em Serra Pelada, no sudeste do Pará. Seus trabalhos realizados em Fotografia, Direção e Edição no ano de 2009 são: fevereiro: “Em um lugar qualquer” de Dirceu Maués. Filme em película, é um curta-metragem experimental feito com fotografias artesanais, PINHOLE; abril: “Interferência Primata” – Vídeo clipe HDV produzido de experimentos sonoros; junho: “O mundo de Célia” e “Alegria sem fronteiras”, documentários HDV curta metragem produzidos para a TV Brasil; julho: “Shala – nem todos os finais são felizes” – curta metragem 35mm premiado pelo MINC e dirigido por João Inácio – PA. Atualmente, organiza uma maratona de Video Clipe para o Festival Quebramar de música indepedente em Macapá – AP.

Clique aqui para ler a página do Bruno de Assis no Linkedin

 

Anúncios

Sobre SRSC

Journalist. Filmmaker. Audiovisual Researcher. MediaDesigner. English Teacher.

Um comentário em “Ao Bruno Assis: uma homenagem dos potiguares

  1. Pingback: Tweets that mention Ao Bruno Assis: uma homenagem dos potiguares « ABD Potiguar 10 anos de sucesso: sol, cine e ação! -- Topsy.com

Olá cineasta! Obrigado pelo comentário. Visite nosso grupo no Facebook. Volte sempre. abrs. Turma Abedista Potiguar.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 16/02/2011 por em ABD Nacional, Audiovisual, bruno assis, Cinema, Cultura.
%d blogueiros gostam disto: