Blog da ABDeC / RN

Ceará: debates, palestras e filmes

Fonte: Diário Nordeste/Caderno 3 Que Cinema Podemos Ter? (09/06/2011)

Propor novos caminhos para o cinema brasileiro. Com esse objetivo realiza-se de hoje até dia 11 o IV Fórum de Ideias Inovadoras em Políticas Públicas

Como em todos os anos, debates, palestras e outras atividades voltadas à reflexão somam-se à programação do 21° Cine Ceará, que teve início ontem. Uma delas é o IV Fórum de Ideias Inovadoras em Política Públicas – Fip, que acontece de hoje até sábado, na Assembleia Legislativa do Ceará e na Casa Amarela Eusélio Oliveira. Com o tema “O cinema brasileiro no contexto audiovisual contemporâneo”, o evento reúne cineastas, críticos e gestores brasileiros.

A abertura do Fip contará com as participações do presidente da Agência Nacional de Cinema, José Rangel, a Secretária do Audiovisual do MinC, Ana Paula Santanna e o diretor de fotografia dos filmes de animação “Era do gelo” e “Rio”, Renato Falcão. Também compõem as mesas profissionais cearenses e de outros Estados ligados à área, como secretário da Cultura do Ceará, Francisco Pinheiro; o diretor executivo do Cine Ceará, Wolney Oliveira; Sérgio Nesteriuk, da Associação Brasileira de Cinema de Animação (ABCA); a professora Elisabete Jaguaribe (Unifor); o professor Lenildo Gomes (Vila das Artes), entre outros.

O objetivo do evento, promovido pelo Instituto de Estudos e Pesquisas para o Desenvolvimento do Estado do Ceará (Inesp) da Assembleia Legislativa, é refletir a produção de cinema no País, identificando os cenários que se apresentam no campo audiovisual contemporâneo, sempre em diálogo com a atual experiência cearense. Entre as principais questões a serem debatidas estão, por exemplo, novos elementos como a animação, os games e a cibercultura, além do lugar da formação no setor, os novos nichos de mercado e o desenvolvimento da economia autossustentável do audiovisual.

Para o presidente da Assembleia, deputado Roberto Cláudio, “o momento é mais que oportuno para debater a indústria de cinema no Brasil. Todos os estudos indicam que a indústria do audiovisual é um setor estratégico no mundo, tanto em suas dimensões econômicas como cultural”.

Já o presidente do Inesp, Paulo Linhares, observa a importância do debate, num momento em que o estado do Ceará vivencia uma nova experiência de desenvolvimento. “O cinema é hoje a atividade econômica e cultural que ocupa lugar central no mundo contemporâneo”, observa.

Programação

Debate – “O cinema brasileiro no contexto audiovisual contemporâneo”. Hoje, às 9h30, no Complexo das Comissões da Assembleia Legislativa

Debate – “Os novos atores das tramas digitais: animação, games e cibercultura”. Hoje, das 15 às 17 horas, no Cine Benjamin Abrahão (Casa Amarela Eusélio Oliveira)

Debate – “O lugar da formação audiovisual no cenário cultural contemporâneo”. Amanhã, das 9 às 11 horas, no Cine Benjamin Abrahão

Debate – “A produção brasileira e os novos nichos de mercado”. Amanhã, das 15 às 17 horas, no Cine Benjamin Abrahão

Debate – “O Brasil e o Nordeste – cenários diversos para o desenvolvimento da economia do audiovisual”. Dia 11, das 14 às 17 horas, no Cine Benjamin Abrahão

ADRIANA MARTINS
REPÓRTER

Drama cubano é destaque no festival

Quarto filme do cineasta cubano Gerardo Chijona, “Boleto al paraíso” é o concorrente de hoje da Mostra Competitiva de Longas-Metragens

Por onde passou, “Boleto al paraíso” (em português: Passagem para o paraíso) chamou a atenção do público e da crítica. As reações ao filme, o quarto da elogiada carreira do cubano Gerard Chijona, têm dois motivos: por um lado, as qualidades do realizador e sua equipe, que se revelam numa narração visual bem conduzida; por outro, o tema.

Concorrente da Mostra Competitiva Ibero-Americana de Longa-Metragem do 21º Cine Ceará, “Boleto al paraíso” é um drama que parte do impacto (por vezes, devastador) que a Aids causa na vida dos soropositivos, seus familiares e pessoas por eles amados. O cineasta partiu do livro “SIDA: Confesiones a un médico” (Aids: confissões de um médico), escrito por uma autoridade cubana no tema, o Dr. Jorge Pérez.

A surpresa, segundo a crítica norte-americana, é ver a temática radicalmente humanizada (como deveria ser sempre, aliás), tratando de amizades, sonhos e frustrações da juventude. A história acontece em Cuba, em 1993, e mostra o entrelaçar dos destinos de Eunice e Alejandro. Ela é uma adolescente que foge de casa, por conta do assédio sexual que sofre de seu pai. Ele, um roqueiro desajustado que rouba uma farmácia e empreende sua própria fuga. Acompanhado por amigos, ele pega a estrada em direção à capital, Havana. Seus destinos se cruzam no caminho e juntos eles decidem ir em busca de um paraíso que marcará o resto de suas vidas.

Sundance

A produção cubana, que contou com recursos da Espanha e da Venezuela, passou por diversos festivais (entre eles, o cult Sundance, dos EUA, em janeiro deste ano). Em Fortaleza, ele será exibido hoje, às 19 horas, no Theatro José de Alencar, logo após a projeção dos representantes do dia da mostra competitiva de curtas metragens. As produções exibidas serão “O Céu no Andar de Baixo” (MG), de Leonardo Cata Preta; “Fábula das Três Avós” (SP), de Daniel Turini; “Pegadas de Zila” (RJ), de Valerio Fonseca; “Com a Mosca Azul” (SP), de Cesar Netto; e “A Casa das Horas” (CE), Heraldo Cavalcanti.

Destaques

10h – Debate e coletiva com realizadores – Casa Amarela Eusélio Oliveira

15h – Mostra Estela Bravo. Filme: “Fidel: La Historia no Contada” (Cuba, Doc, 2001) – Espaço Unibanco Dragão do Mar 2

16h – Mostra Olhar do Ceará – Espaço Unibanco Dragão do Mar 1

16h – Mostra Competitiva Brasileira de Curtas-Metragens – Cine-Teatro do Cuca Che Guevara

17h – Mostra Eduardo Coutinho – Espaço Unibanco Dragão do Mar 2

19h – Mostra Begiradak (cinema basco) – Espaço Unibanco Dragão do Mar

19h – Mostras Competitivas de Curtas e Longas-Metragens – no Theatro José de Alencar

Anúncios

Sobre SRSC

Journalist. Filmmaker. Audiovisual Researcher. MediaDesigner. English Teacher.

Olá cineasta! Obrigado pelo comentário. Visite nosso grupo no Facebook. Volte sempre. abrs. Turma Abedista Potiguar.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 09/06/2011 por em Audiovisual, Festival de Cinema.
%d blogueiros gostam disto: